MELHOR PROMOÇÃO DO ANO

MELHOR PROMOÇÃO DO ANO
ESCOLHA SEU POLO - CLIQUE AQUI

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Coordenadora Sinapses em Belém, Aline Barros, apresenta trabalha científico sobre os desafios da Pessoa Surda no Mercado de Trabalho em Jornada Científica.Confira.

Aconteceu nos dias 07 e 08 de Novembro na Cidade de Marabá/PA o II Encontro do Grupo de Pesquisas em Educação de Surdos, onde 
O GPES tem como membros pesquisadores, professores e discentes da Unifesspa, bem como professores da educação básica, realizando pesquisas em diversos municípios do sul e sudeste do Pará, dentro da temática da educação de surdos.

O evento objetivou apresentar os resultados finais ou parciais dessas pesquisas, bem como abrir espaço para que outros pesquisadores externos ao grupo, e de todas as regiões do estado e do país como um todo, possam também apresentar suas pesquisas e estudos, contribuindo para a reflexão, produção e socialização de conhecimentos que podem influenciar o desenvolvimento de ações e políticas públicas de melhoria da inclusão educacional das pessoas com surdez.

Esteve presente no evento a Professora Aline Barros, coordenadora do Instituto Sinapses na cidade de Belém, onde apresentou sua pesquisa de mestrado  com o tema *_“DESAFIOS E POSSIBILIDADES DA PESSOA SURDA NO MERCADO TRABALHO”*_

“Mediante ao atual cenário, é possível perceber que preconceitos e discriminações com pessoas surdas nas empresas acontecem pela falta de informação, e o  trabalho deve ser visto assim, uma fonte de satisfação na vida, além de proporcionar recursos materiais para sobrevivência, e o surdo procura também por reconhecimento de que pode ser útil na sociedade, principalmente no mercado de trabalho” Aline Cristine Saldanha de Barros ( _Pedagoga, Especialista em Educação Especial, Coordenadora Pedagógica: Instituto Sinapses - Pólo Belém/PA_) 

Os trabalhos completos aprovados e apresentados serão publicados nos Anais do evento e concorrem para publicação na 2.ª edição da Revista GPES - Estudos Surdos (ISSN 2595-9832), em dezembro/2019.

Um comentário:

  1. Parabéns Aline pela pesquisa, relevante para a promoção de direitos ao sujeitos surdos, e para educação como todo.

    ResponderExcluir